Existem Críticos Natos?

11 de ago de 2010



Você!! É daqueles que fala da roupa, do cabelo, do bigode, do estilo, da voz, do peso, do carro de qualquer um apareça na tua frente?

E você é uma daquelas que sempre fala da roupa, do cabelo, da bolsa, do sapato, do estilo, da voz, do peso, da maquiagem de todas que aparecem pela sua frente?

Já pensou em profissionalizar, digamos, essa sua habilidade? Já pensou em virar crítico de algum segmento? Certamente você conhece pessoas com esse perfil, mas sabe o que é a crítica?

"Crítica é uma função de comentário sobre determinado tema, geralmente da esfera artística ou cultural, com o propósito de informar o leitor sob uma perspectiva não só descritiva, mas também de avaliação. 

A crítica é feita pelo crítico, jornalista ou profissional especializado da área, que entra em contato com o produto a ser criticado e redige matérias ou artigos apresentando uma valoração do objeto analisado. Em geral, o crítico não pode apresentar uma avaliação puramente subjetiva, mas também deve apresentar descrição de aspectos objetivos que dêem sustentação a seus argumentos.

Alguns críticos, como os de cinema por exemplo, costumam encerrar suas matérias atribuindo notas ou conceitos (como estrelas, pontos ou bonequinhos) à obra criticada.

Normalmente, as empresas que produzem ou comercializam estas obras tentam cooptar o crítico para obter avaliações positivas, às vezes ofertando presentes e outras barganhas ao jornalista, o que envolve uma questão ética por parte dos profissionais envolvidos.

O tipo mais comum de crítica é a Crítica Cultural, embora a rigor haja também críticas a todo tipo de produto ou serviço disponibilizado ao público. De acordo com a sua credibilidade, críticos podem alavancar ou destruir carreiras de muitos profissionais. Daí a importância da responsabilidade com que devem encarar o seu poder."*

*retirado da wiki


5 comentários:

ester disse...

olá!!!
Gente, vocês estão de parabéns!o layout do blog de vcs está PERFEITO!
ah, e os posts muito interessantes!

Matheus Brito disse...

Valeu Ester!!

Elizabeth Maia disse...

Eu sou bastante crítica, inclusive ja tive um blog de crítica musical, mas fiquei com preguiça e fechei o blog. Não basta ser crítico e entender do assunto. Tem que ter tempo, dedicação, paciência, e de preferencia trabalhar dentro do tema 24 horas no ar! Beijos!

Elizabeth Maia disse...

Passei pra fazer mais duas considerações:
1 - Gente muito crítica normalmente se passa como "ranzinza" e exigente. É só acionar o "dane-se" e ser feliz.
2 - Pago R$ 5,00 pra vocês arrumarem o layout do meu blog e deixarem ele bonitão assim como o de vocês, bem organizadin! Também troco os R$ 5,00 por uma vitamina C lá no Piauí. Vou até esquecer que vocês que estão me devendo um convite, tá? Beijos

Fabi disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
valeeu Beth pelos comentários.

Realmente, para criticar tem que conhecer o todo, sem contar que nem todo mundo está aberto para aceitar críticas... Porém, acho que as críticas devem vir acompanhadas com sugestões, sempre. :D um conjunto perfeito para o aperfeiçoamento pessoal e/ou profissional.

Obrigadiinha Beth. Claro que podemos ajudar. É só pagar com algumas latinhas de cerva (se bem que parei de beber né!? mas ô aceitando e precisando de uns goles...rs). Vamos marcar!

Postar um comentário

 
Diploarte © 2010